Carne suína marca presença na Feira de Negócios para Supermercadistas em Santa Catarina

03-11-2011 00:00

 

A tradicional Feira de Negócios da ACATS contou com a participação de 70 expositores, que apresentaram novidades em produtos e serviços para os supermercados

 

Divulgar as qualidades nutricionais da carne suína e incrementar o consumo doméstico per capita em 2kg até o ano de 2012 é o objetivo do Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS). Dando continuidade as suas ações no estado de Santa Catarina e com a missão de buscar o desenvolvimento da atividade suinícola e incentivar ainda mais o consumo de carne suína no estado é que a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) participou da 13° Feira de Negócios da ACATS – Feira Regional do Grande Oeste em parceria com a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) e o Sebrae/SC.

O evento aconteceu nos dias 23 e 24 de outubro, em São Miguel do Oeste e foi promovido e organizado pela Associação Catarinense de Supermercados (ACATS). Participaram da feira 70 expositores de produtos, serviços e equipamentos para supermercados e estima-se que quatro mil pessoas passaram pelo evento.

Durante os dois dias de feira no estande da ACCS e Sebrae/SC, foi realizado divulgação de informações nutricionais, receitas e informativos sobre a carne suína, além de degustação dos novos cortes. Os frigoríficos FrigoLaste, Varpi e Biondo participaram da feira no estande da ACCS e puderam divulgar seus produtos aos visitantes. “Deixamos expostos todas as linhas de produtos, desde os mais simples e conhecidos, como é o caso dos kits de feijoada, salames e copas, até os menos comuns, como os queijos suínos”, detalhou o presidente da ACCS, Losivanio de Lorenzi, que considera importante a entidade participar de feiras como a ACATS, pois promovem o desenvolvimento da suinocultura nacional. “São nesses eventos que temos a oportunidade de apresentar para um grande número de pessoas a qualidade da carne suína, fazendo degustação e explicando as verdadeiras propriedades da proteína”, destacou.

O auxiliar administrativo do frigorífico Biondo, Genuir Cazzarotto, afirma que participar da feira, além de conhecer as novidades que o mercado oferece, torna o seu produto conhecido ao público, já que para ele os frigoríficos menores estão se aprimorando e já podem competir de ‘igual para igual’ com os frigoríficos consolidados. “Atualmente, as pequenas empresas estão se adequando as exigências do mercado e competindo com as empresas maiores, por oferecem produtos de qualidade, segmentos diferenciados e diversos a preços competitivos, completou.

Para o diretor executivo da ACATS, Antonio Carlos Poletini, a feira beneficiou, principalmente, os pequenos empresários da região do Grande Oeste (Meio Oeste, Oeste e Extremo Oeste), mas também apresentou as novidades para o público geral. “Por ser um evento regional, a feira possui características voltadas para os pequenos empresários que oferecem os seus produtos a empresas menores e regionais. Baseado nas necessidades deste público apresentamos novidades em produtos, serviços e equipamentos para os seus estabelecimentos”, ressaltou. De acordo com o diretor executivo da ACATS, a feira movimentou cerca de R$ 7 milhões em negócios.

 

CLIQUE AQUI para ver a notícia no site.