Treinamento inédito do PNDS junto ao Senar/DF na produção de suínos inicia no DF

03-10-2011 00:00

 

O curso de Qualificação Profissional em Suinocultura é direcionado aos profissionais do setor e abrange as principais fases de produção das granjas suínas
 
    Aprimorar a qualidade na produção é um dos princípios básicos para o desenvolvimento do setor e, para isso, é preciso ter profissionais cada vez mais preparados. Com esse objetivo o Distrito Federal iniciou a primeira capacitação voltada para colaboradores e gerentes de granja, num Programa desenvolvido pelo Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS) em uma parceria inédita para o setor com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), denominado Qualificação Profissional em Suinocultura.
    A estreia do treinamento aconteceu no dia 19 de outubro, com a coordenação da Associação de Criadores de Suínos do Distrito Federal (DFSUIN) e lecionado por instrutores do SENAR/DF. O primeiro módulo “Manutenção da Granja Suína” –obrigatório no curso – contou com 15 funcionários das granjas Miunça e Umburana na Cooperativa de Produtores Agrícolas do DF (PADF), localizadas na cidade do Paranoá, a 71 km de Brasília. No dia 23 de novembro acontece o módulo “Manejo de Terminação” e nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro, “Manejo de Creche”, encerrando o treinamento neste ano.
    Direcionado aos profissionais da suinocultura, como gerentes e colaboradores de granjas de suínos, o curso de Qualificação Profissional em Suinocultura tem material didático e conteúdo programático elaborado pela Integrall Consultoria e dividido em 6 módulos. O treinamento tem como objetivo gerar informações de unificação e melhoria nos processos produtivos e padronização na produção, melhorando a eficiência dos trabalhos e dos índices zootécnicos e econômicos produtivos. Os cursos foram elaborados de acordo com a metodologia da “Formação Profissional Rural - FPR” que é um processo educativo, e tem o intuito de possibilitar aos suinocultores e trabalhadores das granjas o aprimoramento de conhecimentos, habilidades e a formação de atitudes que contemplam cada uma das ocupações dentro da granja de suínos.
    De acordo com o médico veterinário e instrutor do Senar/DF, Aldair Marques de Carvalho, o curso ensina as principais fases de produção das granjas suínas dividido por módulos, o que facilita a transmissão de informação. “Por ser dividido em módulos, podemos ser mais específicos ao abordarmos um tema. Temos a possibilidade de concentrar informações mais detalhadas e estuda-las mais profundamente”, revelou. No primeiro módulo, os alunos recebem informações novas, o que gera um interesse contínuo dos participantes. “Por serem iniciantes na suinocultura, muitos alunos não tem conhecimento das inúmeras informações que envolvem esse mercado. Acredito que a forma que o curso foi construído, por divisão em módulos, supriu bastante à carência do mercado atual”, acrescentou o instrutor.
    O gerente das granjas que recebem o curso de qualificação, Wilson Aparecido Silva, afirma que nenhuma empresa consegue destaque no mercado, seja qual for a sua área, sem investir em qualificação e ensino. “A qualificação profissional é mais uma das ferramentas que utilizamos para desenvolver o profissional e fazê-lo crescer dentro da empresa”, destacou Wilson.
    Para o presidente da DFSUIN, Alexandre Cenci, o curso de qualificação profissional ensina os novos funcionários e ‘recicla’ os profissionais que já possuem uma carreira no mercado. “As informações se atualizam muito rápido e o mercado sofre constantes mudanças, por isso é importante o profissional buscar conhecimentos novos na sua área, para acompanhar o crescimento do mercado”, salientou.
    A coordenadora nacional do PNDS, Lívia Machado, explica que a meta do Projeto é que até 2012 cada entidade estadual realize 20 turmas nesse novo formato de opções modulares de formação, em parceria com o Senar estadual. Segundo ela esse novo serviço disponibilizado pelo PNDS agrega valor ao produtor brasileiro em prol da cadeia produtiva. “Garantimos um treinamento inédito, gratuito e de qualidade com foco também na gestão da granja e no aprimoramento de manejo, parte fundamental para alcance dos resultados definidos pelo PNDS”, comenta. “A DFSUIN dá um exemplo como pioneira e estamos muito satisfeitos com os retornos dos outros estados que já agendaram cursos para ainda nesse ano”, encerra.
 
 
CLIQUE AQUI para ver a notícia no site.